Devo entrar na Cabana? [Parte 2]

Devo entrar na Cabana? [Parte 2]

Continuação da análise crítica sobre o livro A Cabana de William P. Young.

Jesus diz no livro que sua vida não se destinava a ser um exemplo a copiar. Página 136.

Comentário: Ser discípulo é seguir o Mestre, viver como ele viveu assim como o Apóstolo Paulo que disse: “Sede meus imitadores como sou de Cristo.”.

Deus fala para Mack:

“- Homens. Algumas vezes são tão idiotas!” 

Mack se admira pelo fato de Deus ter o chamado de idiota. Página 180.

Comentário: Acredito que não preciso comentar a passagem acima.

Mack ao dialogar com Deus sobre o assassino de sua filha se refere ao criminoso com palavras de baixo calão que não convêm citar aqui.

Página 208.

Na página 111 há uma conversa entre a Deus e Mack. Mack quer saber se o Pai é superior a Jesus e este ao Espírito. O Autor falar de forma coerente que não há esse tipo de hierarquia entre eles, mas acaba fazendo uma afirmação infeliz sobre hierarquias:

“- Isso é um problema de vocês.”

Comentário: O Autor dá a entender que hierarquias nos relacionamentos é fruto do pecado, e que os humanos estão perdidos e estragados e que por conta disso não podem viver sem um tipo de hierarquia nos relacionamentos.

Isso na realidade é um sofisma. Vejamos por que:

Vou citar um exemplo simples:

– A relação entre os Anjos e Deus obedece a uma hierarquia e nem por isso há pecado nessa relação;

O erro do Autor está em acreditar que hierarquia diz respeito a uma pessoa ser maior que outra. Na realidade o conceito de hierarquia diz respeito à função que cada pessoa exerce. Então não há problemas em existir hierarquias nas relações.

Não quero de maneira alguma jogar um balde de água fria em você que leu o livro A Cabana, mas é nos diálogos da suposta trindade com o protagonista que aparecem as sutilezas de sofismas que poderão afetar a maneira de crer de cristãos que não conhecem a essência de sua fé. Hoje existe uma geração de cristãos que não sabem em que crê. Não sabem por que acreditam na Bíblia. Simplesmente aceitam tudo que é ensinado nas igrejas.

Fica a reflexão sobre o tema.

Tags:


Sobre o autor



1 Resposta para Devo entrar na Cabana? [Parte 2]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Back to Top ↑